Por que as varizes aparecem mais nas pernas?

Por que as varizes aparecem mais nas pernas?

Postado por: Dr. Bruno Donegá Contantin

Em 26 de Abril de 2020

Por que as varizes aparecem mais nas pernas? Por uma questão de Gravidade. As veias são responsáveis por levar o sangue de volta ao coração. As veias das pernas estão mais abaixo e longe do coração, sendo o seu retorno muito mais difícil do que as veias dos braços que estão mais próximas e praticamente no mesmo nível do coração. Desta forma, é muito mais comum a presença de varizes nas pernas e não nos braços. 

Além dos membros inferiores, em que outros locais as varizes podem aparecer? Varizes, por definição, São veias dilatadas e tortuosas, portanto, elas podem ocorrer em qualquer local. Mas, além das pernas outros locais que elas podem aparecer são: Membros superiores, veias pélvicas, testículos (varicocele), parede abdominal, etc.

O tratamento pode mudar de acordo com a localização das varizes? Sim!!! Como ele é feito? Depende da localização onde estão as varizes. As varizes pélvicas por exemplo, são tratados, habitualmente, com a sua oclusão através de embolização com agentes específicos (molas, espuma de polidocanol, entre outros). Já as  varizes das pernas são habitualmente tratadas com a sua ressecação das veias doentes. Portanto, o tratamento depende da localização das varizes.

Logo, por isso as varizes aparecem mais nas pernas!!

Você pode gostar…

Varizes nas pernas

Varizes nas pernas A doença venosa crônica (Varizes nas pernas) refere-se a um amplo espectro de anormalidades nas veias que podem ser morfológicas (dilatação venosa) e / ou funcionais (por exemplo, refluxo venoso) e de longa duração. Os problemas relacionados às...

Varizes: Por que elas podem aumentar durante e após a gravidez?

A gestação provoca diversas alterações fisiológicas e anatômicas no corpo da gestante. As principais alterações são: A mulher, conforme a gestação evolui, passa a ter um volume sanguíneo maior que naturalmente sobrecarrega o sistema cardiovascular/veias/artérias da...

0 comentários

Enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *